quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Joelma em Novembro



Exibições de Joelma Novembro

CANAL BRASIL – CINE MIXBRASIL - TV – Canal 66 Sky
07/11, quarta-feira às 23h30 e madrug. de sex./sáb., dia 10/11, às 3h.

MOSTRA CINEMA CONQUISTA ANO 8 – CONQUISTA - BA
08/11, quinta-feira, às 18h, no Centro de Cultura.

SELETI – SEMANA DE LETRAS DE IPIAÚ - IPIAÚ - BA
21/11, quarta-feira, às 18h, na Sala das Artes, UNEB Campus XXI.

CURTA BRASÍLIA – BRASÍLIA - DF
30/11 a 02/12, Local e horário a confirmar.

Em 2013, Joelma no Teatro! Aguardem!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Programação de Outubro


Não reparem o sumiço. Mas das bandas de cá, o povo não para de trabalhar. Mas tenho uma novidades para vocês. Joelma fez 68 anos no dia 10 de outubro e Fábio Vidal também fez aniversário no último dia 02. O desejo de felicitações de todos da equipe. 

Vem coisa boa por aí. O curta tem desdobrado outras produções. Mas sobre isso falo em breve para voltar aqui mais vezes.

Joelma em outubro, finalmente passeia pela Bahia e vai para Porto Alegre. Não necessariamente nessa ordem. Então para não se perder, segue a programação do mês.


Exibições Joelma Outubro

MUSA – Ilhéus-BA
16/10, terça-feira, às 15:30h, no Auditório Paulo Souto.

Close – Porto Alegre-RS
17/10, quarta-feira,
às 19h30 na Sala Norberto Lubisco – CCMQ

Possíveis Sexualidades – Salvador-BA
21/10, domingo, às 15h no Instituto Cervantes.

Panorama Coisa de Cinema – Cachoeira e Salvador-BA
27/10, sábado, às 18:10h no CAHL- Centro de Artes, Humanidades e Letras/UFRB. Cachoeira

31/10, quarta-feira, às 18:30h no Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha Sala 2. Salvador

domingo, 2 de setembro de 2012

Joelma em Setembro



Confiram as exibições do Curta Joelma, no mês de setembro.

Lisboa, Aracaju, Salvador e Itabuna.

Programe-se e avise aos amigos!

Mix Brasil - Mostra da Diversidade Sexual
Sala Walter da Silveira – Barris - Salvador/BA
06/09 – 20h
07/09 – 18h
Entrada Franca

Pixelando: Ciclo de Debates e Oficinas de Audiovisual
Centro de Cultura Adonias Filho - Itabuna/BA
08/09 – 18h
Presença do Diretor Edson Bastos
Entrada Franca

Curta SE
Cinemark Jardins – Aracaju/SE
20/09 - 22h
Entrada Franca

Queer Lisboa
Pensão Amor
Rua do Alecrim, 19, Quarto 303 – Lisboa/PT
21 a 29/09
Em breve horários e locais de exibição


Do Lado de Dentro Existe Coração
Teatro Vila Velha – Salvador/BA
25/09 – 19h
Presença do Diretor Edson Bastos
R$ 10,00 e R$ 5,00

Gayboa
Teatro Gamboa Nova – Salvador/BA
29/09 – 17h
Presença do Diretor Edson Bastos

www.curtajoelma.com.br

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Joelma no Curta Kinoforum



Joelma no Curta Kinoforum
23o Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo

24/08
17:00 - Cinemateca Brasileira - sala BNDES (Lgo. Sen. Raul Cardoso, 207)
21:00 - Espaço Itaú de Cinema (R. Augusta, 1.470)

25/08
20:00 – CineSESC (R. Augusta, 2075)

26/08
15:00 - Cine Olido (Av. São João, 473)

29/08
17:00 - Cine Olido (Av. São João, 473)

30/08
20:00 - Cinemateca Brasileira - sala Petrobras (Lgo. Sen. Raul Cardoso, 207)

ENTRADA FRANCA

http://www.kinoforum.org.br/curtas/2012/

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Sobre ciúmes, territórios e assassinatos


Acabo de voltar do Campo Grande – MS, depois de participar da itinerância do 19o MIX Brasil. Uma experiência única que certamente ficará na memória, pois a primeira vez a gente nunca esquece. Momento para reencontrar os amigos Leandro Marques (Produtor Executivo do evento em Campo Grande), João Federici (Diretor do Mix Brasil) e Dannon Lacerda (Diretor do curta Diálogo) e lógico, de fazer novos amigos.

O evento aconteceu de 05 a 08 de julho, no MIS – Museu de Imagem e Som e estava muito bem organizado, ornamentado com filmes que fizeram parte do evento principal que acontece em São Paulo e no Rio de Janeiro todo mês de novembro.

Fiz um workshop com o público intitulado Cinema: faça você mesmo, no qual falei bastante da experiência da Bahia no campo da cultura, sobretudo no cinema. Não pude deixar de vomitar a insatisfação na Ministra da Cultura e na Secretária de Audiovisual, por conta do assassinato que fizeram  nos últimos editais de audiovisual. Pensaram que o Brasil se resume ao sudeste e concentraram toda a verba na região.

Apesar do frio que chegou a 9 graus, fiquei muito feliz com o público, que participou bastante do bate-papo e lotou as salas do MIS, todos os dias do evento. Um público carente em eventos culturais edificantes como este e por isso, que aproveitaram a oportunidade para ocupar as salas num momento único para o Campo Grande.

Cidade muito bonita, bem planejada, com uma história rica, culinária única e artesanato sem igual. Chega dá ciúmes, inveja mesmo, por ver uma Bahia tão esculhambada, mal tratada, sem planejamento e tão feia, até nos centros históricos. Inclusive, numa das entrevistas, antes de gravar, o repórter me perguntou: - porque a Bahia, um estado tão múltiplo e diverso, é tão homofóbico? Sim, fiquei com vergonha também, pelo fato da Bahia ser o estado campeão em assassinatos de homossexuais do Brasil.

É isso... nem tudo são flores e não poderia deixar de citar aqui, o lado ruim da moeda, e nesse caso, o mérito é todo nosso.

Mas como vergonha, ciúmes e inveja não são coisas edificantes para um ser humano, arrumei minha mala, ainda meio confuso sobre isso tudo, peguei meu exemplar de Inúmera, de Daniela Galdino e li tudo durante o voo Campo Grande – Campinas, me deixando num estado de êxtase e de ainda mais provocação. 

Concluí: ainda há solução.

“Na retomada do tempo
deram-me um corpo
feito mote
             e eu glosei.”

Daniela Galdino

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Sobre a espera e o tempo das coisas

Passei mais de 03 meses sem postar nada por aqui. Mas certamente não faltaram novidades. É que tudo tem seu tempo certo para acontecer. Vou contar algumas aqui pra vocês.

De lá para cá, fizemos uma exibição na FTC, remetemos mais inscrições para Festivais, fomos selecionados no Brasil, para o 16o FAM – Florianópolis Audiovisual MERCOSUL (13 a 22/06/2012) e o Rio Gay Festival de Cinema (29/06 a 08/07/2012). Já no exterior, dois Festivais Internacionais nos remeteram o convite, o Side by Side LGBT International Film Festival (outubro/2012) na Finlândia-Rússia , e o Chéries-Chéris Paris Gay Lesbian Trans Film Festival (05 a 14/10/2012), em Paris-França. Além disso, fomos selecionados para o Queer Lisboa (21 a 29/09/2012), em Lisboa-Portugal.

Já no dia 06 de julho, estarei em Campo Grande – Mato Grosso do Sul, exibindo Joelma, pela itinerância do MIX Brasil e batendo um papo com o público. Ainda sobre o MIX, em breve, estaremos na programação do Canal Brasil, pelo Cine MIX. O programa é apresentado por André Fischer e conta com a exibição dos filmes que fizeram parte do 19o Festival Mix Brasil de Cinema.

E para finalizar as novidades, em breve faremos mais uma exibição em Ipiaú, e em diversos centros de cultura de municípios baianos!

Ahhhh, e saiu a classificação indicativa da garota. "Não recomendada para menores de 14 anos, pelas cenas de violência contidas no filme. Se ainda não tem idade, espere o tempo certo.

Prometo, assim que tiver mais novidades, postar todas elas. Quando entender melhor o tempo das coisas. Porque desde o antigo testamento, sabemos que tudo tem seu tempo determinado, não é verdade?

Sigo então, em busca de um testamento contemporâneo, que mostre claramente, sem metáforas, paródias, salmos ou provérbios, que o tempo de hoje, não é mais o mesmo de antes. 

É tempo de espera... 

Será?

Ilustração e foto: Paula Damasceno

quinta-feira, 22 de março de 2012

Joelma no FECIBA em Ilhéus


Com muito orgulho, convido todos e todas a participarem das sessões do curta Joelma na cidade de Ilhéus, fazendo parte da programação do FECIBA - Festival de Cinema Baiano, produzido pela Panorâmica Produções e Núcleo de Produções Artísticas, de 02 a 07 de abril. (www.feciba.com.br)

As exibições acontecerão no Teatro Municipal de Ilhéus, nos dias 04 de abril às 16 horas e 07 de abril às 17:30h. Após as sessões haverá bate-papo comigo e com Fábio Vidal (que participará apenas da sessão do dia 07).

O Festival de Cinema Baiano é um espaço de troca, estímulo, debate e reflexão sobre a produção cinematográfica baiana, desde as mais contemporâneas, às que fizeram parte desses 102 anos de história.

Estas serão as primeiras exibições do curta em 2012. E pelo visto, o ano promete!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

O início, o fim, o meio.



Há exatamente um ano, começávamos as filmagens de Joelma. Iniciamos pela cena da partida, que inclusive foi a mais demorada de todas e cronologicamente a primeira do filme. O dia marca também o aniversário de Vinício de Oliveira Oliveira, ator que vive o personagem de João, o assassino. Felicitações aos dois.

De lá pra cá, já lançamos o filme, ganhamos premiação, lançamos em outros locais e ponto. O filme não foi mais exibido.  Mas, engana-se quem pensar que Joelma ficou parada nesse período e engana-se quem achar que é tudo muito fácil, glamoroso e perfeito. Fazer um filme é realmente um parto.

Nesse período terminamos a autoração do DVD de Joelma, feita por Henrique Filho, com o filme em 03 legendas (inglês por Diego Araújo, francês por Luísa Aquino e espanhol por Paula Damasceno e Brisa Aziz) e alguns extras.

Exibimos também o Making-of na programação de Verão do Solar 40o de diversão, cultura e diversidade, na Mostra Cual etc e tal, e em seguida, rolou um bate-papo bem interessante, com os participantes do evento.

Em breve, faremos a exibição do curta na Sessão Sexualidades dentro da programação do FECIBA – Festival de Cinema Baiano (www.feciba.com.br) em Ilhéus e em seguida, haverá bate-papo comigo e Fábio Vidal. A Exibição vai prometer. Quando souber exatamente a data, aviso para vocês.

Paralelamente, continuo no processo de inscrição do filme em Festivais e Mostras por todo o Brasil e mundo. Inclusive, já recebemos alguns convites para exibição em TV e em dois Festivais Internacionais, que ainda não podemos falar.

O fato é que só o tempo para nos dar as respostas que precisamos. Ele nos mostra que o fim, nunca realmente é o fim. Ele é escorregadio. Então chego a conclusão de que o fim, na verdade é o meio. E é assim que percebemos que fazer um filme, realmente é se tornar pai, mãe e totalmente responsável pelos atos do seu filho afinal, quem pariu Mateus...