quarta-feira, 8 de junho de 2011

1o Corte


Desde abril um silêncio paira por aqui. E não foi por falta de notícias ou novidades. De lá para cá, o making-of já ficou pronto e foi exibido na programação da IV Mostra Possíveis Sexualidades, em Salvador. Quem não viu, merece umas boas lapiadas de bainha de facão. Fica para a próxima  ocasião.

Escrevo caros amigos, na ânsia de contar que o 1o corte foi aberto. Aberto porque ainda não foi exposto a ninguém. 

Por estar tão dentro do processo, outros olhares serão emprestados, para podermos entender se o que vejo é insanidade individual ou coletiva.

Engano acreditar que o primeiro será definitivo.

Eis, portanto, momento de pausa para distanciamento, análise, melhorias e descanso, porque ninguém é de aço. 

Sem delongas...

Vamos partir para as próximas etapas.